ADOLFO LUNA FREIRE

Posição Fundador Acadêmico
Categories: Fundadores, GALERIA DE ACADÊMICOS

Adolfo Frederico Luna Freire nasceu em Recife-Pe, no dia 29 de agosto de 1864.

Filho do desembargador Adelino Antônio de Luna Freire e de Umbelina Augusta de Melo Luna.

Diplomado pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, em 1887. Chegando a Fortaleza no mesmo ano, em 22 de março, se entregou ao exercício da medicina e assumiu o cargo de professor de Ciências Naturais da Escola Militar.

Escreveu para o jornal “Gazeta do Norte”.

Relata Raimundo Girão que “na Academia Cearense teve brilhante atuação, fazendo parte de importantes comissões e discutindo assuntos científicos nas suas sessões ordinárias.”

Transferiu-se para o Rio de Janeiro, em 1901, onde “exerceu o magistério como docente livre de Clínica Médica da Faculdade de Medicina e professor de Higiene da Escola Normal. Foi médico do Hospital D. Pedro II e do Hospital da Gamboa, sanitarista da Diretoria de Saúde Pública, colaborando com Oswaldo Cruz no combate à febre amarela, membro titular emérito da Academia Nacional de Medicina, redator do ‘Brasil Médico’ e presidente da Associação de Funcionários Públicos Civis.”

Em 1918, fez parte da Missão Médica Militar enviada pelo Brasil à Europa em guerra, “obtendo as condecorações pro Labore e Medalha de Honra, por devotamento. Durante a epidemia da gripe, foi distinguido com convite para dirigir o Hospital de Bordeaux, demonstrando nessa chefia grande capacidade e dedicação.”

Ingressou na Academia Cearense de Letras em 15 de agosto de 1894. Depois, quando mudou para o Rio de Janeiro, em 1901, passou à categoria de sócio correspondente.

Faleceu no Rio de Janeiro, em 23 de setembro de 1953.

Obras principais: Estudo clínico da diátese fibrosa; A hipermegalia hepática; Meningite secundária, consecutiva às eólicas do Recife; Algumas considerações sobre a patologia nervosa; Sobre um caso de hemiespasmo facial; Lição de Clínica Médica; Filhos de alcoólatras; Estudos sobre o câncer; Semiótica do espaço semilunar de Traube.

Fonte: MARTINS, José Murilo. Academia Cearense de Letras. História e Acadêmicos. AMORA, Manuel Albano. Academia Cearense de Letras. Síntese Histórica. GIRÃO, Raimundo. A Academia de 1894.